domingo, 25 de outubro de 2015

Alimentação Saudável: Fazendo um Prato Colorido

Pois é gente, tem muitos pacientes que aparecem no meu consultório querendo não somente perder peso, mas também querendo qualidade de vida, disposição, vida saudável, enfim... buscando o que há de mais interessante para viver bem, viver mais e viver feliz, claro!!! Não adianta buscarmos formas de alimentação alternativas que passam a ser mais sofrimento do que prazer em viver!! Sou super à favor de incluir no cardápio esses alimentos mais "novos", como chia, por exemplo... mas se você não gosta, não curte a proposta, sempre podemos experimentar opções diferentes!

Dentre esses pacientes que buscam qualidade de vida, tenho uma em especial que sempre está me mostrando as suas variações alimentares, baseadas no Prato Colorido proposto pelo Conselho Federal de Nutricionistas. Aqui no blog vocês encontram esse prato no post "Prato Saudável": http://nutrilobo.blogspot.com.br/2009/08/prato-saudavel.html

E na boa... é essa a proposta!! Estamos sempre em busca de alternativas ao frango grelhado com salada de alface e tomate... e o que é mais importante: só frango grelhado com alface e tomate não tem todos os nutrientes necessários para uma vida saudável!!


Se vocês observarem bem, o prato é uma linda variação do Prato Colorido: juntando o bowl de salada (alface, pepino, tomate, cebola) com a vagem e a cenoura refogadas, temos cerca de 50% do prato. 
Compreendendo a proposta, vc pode sim fazer uma saladinha à parte, porque não??
Uma "bacalhoada de salmão" light, feita com pouco azeite, cebola, pimentões, tomate (me deu água na boca) e batatas assadas compõem o prato! Batata no lugar do arroz, peixe no lugar da carne, prato mega colorido (e com uma cara de saborosíssimo!!). Ela conseguiu com bastante clareza trabalhar a questão 5 cores no prato, substituição de grupos alimentares, consumo de fibras e alimentos fontes de diversos nutrientes (beta-caroteno, ômega 3, licopeno, vitaminas do complexo B....). 

E você? Qual o prato colorido que você vai preparar hoje? 

sábado, 17 de outubro de 2015

Alimentação Pós Cirurgia Bariátrica: COMO É??

Olá pessoal, beleza??
Essa semana encontrei uma paciente minha (60 dias pós cirurgia) e a mesma me mostrou o que ela ia almoçar naquele dia... 
Perguntei para ela: "Você consegue comer tudo que está aí?"
Ela: "Depende... pode ser que sim!"
Pois é, a "marmitinha" dela está logo aqui embaixo.... pedi para ela registrar o tamanho da marmita ao lado de uma caneta, para que vocês tenham noção do tamanho do recipiente, que é bem pequeno... A minha paciente é bem consciente está realmente de coração aberto para MUDAR O ESTILO DE VIDA! E porquê eu falo isso?? Simples: olhem o que tem na marmita: frango, ovo cozido (fontes de proteínas), ervilha torta (que também é fonte de proteína vegetal) e tomates cereja... ou seja: ela está verdadeiramente buscando seguir as orientações passadas! Fiquei muito feliz com esse "prato"!


Vejam bem, depois de 13 anos atendendo bariátricos, algo que tenho cada vez mais certeza é isso: a cirurgia não opera a cabeça das pessoas... apenas o estômago!! 
A mudança de comportamentos, estilo de vida TEM QUE PARTIR DO PACIENTE!! A cirurgia dá aquele empurrãozinho bacana que precisamos para nos motivar a buscar um peso saudável... 
Operados ou não operados precisam ter consciência que a alimentação reflete diretamente na saúde e qualidade de vida... e não somente no curto ou médio prazo não!!! Vamos falar de LONGO PRAZO!!! 
O estômago do paciente operado é pequeno demais no bypass e a adaptação à alimentação demora... o primeiro ano de cirurgia é um ano de muitas descobertas e adaptações!! Mas temos que pensar e realizar as adaptações positivas!!!
Se a quantidade de alimentos é pequena, a qualidade tem que ser grande... o lance é comer pouco, mas comer adequadamente para seu corpo ter o que é necessário para se manter saudável! E digo mínimo mínimo necessário mesmo, pois é muito claro na literatura que os pacientes precisam fazer uso de suplementação de vitaminas, minerais e proteínas!! Só a alimentação adequada para o bariátrico não é suficiente, especialmente para o primeiro ano de cirurgia!
Amo a seguinte frase: a cirurgia bariátrica é uma subnutrição programada. Se é uma subnutrição devido ao baixo valor calórico, ela deve ser adequada para que não ocorram as deficiências nutricionais... 
Operados.... pensem nisso!
Cirurgia bariátrica é tudo de bom quando conseguimos abraçar a proposta de viver mais e viver bem, com peso mais adequado e com mais saúde e qualidade de vida!!! 

Até a próxima!! ;)

terça-feira, 6 de outubro de 2015

Pão Integral de Verdade!! Fácil de Fazer!!

Boa noite minha gente! Tudo bem?

Estou ao máximo me esforçando para trazer com mais dedicação mais posts e informações, mas esse lance de redes sociais, mídias e tals  acabam trazendo mais atividades para o nosso dia-a-dia!!
Tenho muitos pacientes no mesmo caso que eu: na vida corrida, morando com amigos-namorados-maridos e querem de verdade levar uma vida mais saudável.... o que falta muitas vezes é tempo e conhecimento!!!

Pão integral... putz, esse é um assunto polêmico!!! Existem diversas publicações que mostram que alguns pães são integrais só no nome, mas na verdade acabam sendo mais marketing do que qualquer outra coisa!! Há cerca de 3 anos a PROTESTE foi entender esse mundo dos integrais que a gente tanto ama e indica.... afinal das contas, pão integral é bom para constipação, controle de peso, alimentação saudável, ajuda a compor a alimentação do diabético.... enfim, pão integral é tudo de bom!

Mas são todos os pães esse sucesso mesmo??? Olha, até onde me consta, existem muitos pães que são feitos de farinha branca e são adicionados de fibras! Ou seja: a velha famigerada farinha branca continua lá, brilhando, com uma adição de fibras.... a tal farinha integral ficou para trás!!! 
Nos resultados do PROTESTE na época teve até pães que tinham a propaganda "integral", porém tinham mais farinha branca do que farinha integral.... louco né?? 
Observem: se tiver mais "farinha enriquecida com ferro e ácido fólico" do que farinha integral, o pão tem mais farinha branca do que farinha integral "da gema" mesmo!!! 

Por isso que sempre busco explicar a leitura de rótulos nos meus atendimentos... por mais "integral" que um pão, biscoito possa parecer (afinal das contas tem um nomão INTEGRAL na embalagem), temos que analisar o custo X benefício comparando com outros nutrientes e até outros similares do mercado!!! 

Quer pão integral na real mesmo??? Uma das minhas sugestões é COLOCAR a MÃO (ou no caso o fouet - aquele "batedorzinho" de mão) na MASSA CASEIRA!!

Essa receita é top top top e estou sempre modificando a mesma... tem vezes que rola umas passas, um leite desnatado, mais ou menos farelo de trigo... sempre é fácil de fazer e sempre tem um resultado ótimo!! Vamos lá!!!

Ingredientes:
- 01 copo de água morna (sempre uso um copo tamanho de copo de whisky);
- 1/5 de copo de óleo de soja (comecei com 1/4 e estou em 1/5 e pretendo continuar a reduzir essa quantidade);
- 1/2 colher de sopa de açúcar;
- 1/2 colher de sopa de sal;
- 01 sachet de fermento biológico instantâneo seco (10g);
- 01 copo de farinha de trigo integral;
- 2/5 de farinha de trigo integral + 2/5 de farelo de trigo + 1/5 de aveia flocos finos; 
- 1/2 copo de frutas secas: passas, damascos, cranberries (use a que você quiser!).

Modo de Preparo:
Bata todos os ingredientes na mão com o fouet em um recipiente "generoso". Acrescente primeiro os líquidos, o copo de farinha integral, as passas (ou cranberries) e o fermento. Bata bem e depois acrescente o copo de farinha com farelo e aveia. 
Despeje a massa em uma forma de pão inglês untada e enfarinhada (amo a forma de silicone... bem prática, pois não precisa untar!). A massa fica "melequenta" mesmo!! 
Deixe a massa descansar em um local quente (dentro do forno por exemplo) por 20 minutos, coberta por um pano de prato. Se o clima estiver frio, vale a pena pré aquecer o forno e deixar o pão descansando no quentinho... desliga o forno antes de colocar para descansar!!!
Asse após crescer por 30 a 40 minutos em forno médio (vai conferindo com um palito... se vocês palitarem a massa e ele sair sujo, deixe mais uns minutinhos). 
E tchan tchan tchan!! Aqui está!!!
Fiz com cranberries e ficou essa belezinha!!!


"Aaaaahhhh, mas me falaram que nutricionista não é cozinheira!" A nutri pode não ser cozinheira, mas que tem que manjar sim do que pode ser feito e quais são as melhores opções!!!
Amo transformar os alimentos e ver que em 1 hora eu trago mais qualidade de vida e saúde para minha casa!!!

Bom pão para vocês!!! 

Fontes:
http://www.proteste.org.br/alimentacao/nc/noticia/este-pao-e-mesmo-integral
http://www.mulherdigital.com/pao-integral-no-brasil/

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Cranberry - Essa frutinha vale a pena??

Olá pessoal, tudo bem???
Vira e mexe a gente tem sempre algum alimento ou fruta em "alta"... teve o óleo de coco, a chia, a linhaça e agora vejo muito sobre as frutas vermelhas! Quem "encabeça o esquema" é a Goji Berry, mas hoje eu não vou falar dela não! 
Meu foco vai ficar na Cranberry... bom, essa frutinha vermelha é bem comum nos EUA.... aqui diz a lenda que ela tem outro nome conhecido (???) que é o oxicoco, rsrsrs.... na boa, pra mim oxicoco parece sabão em pó com partículas que removem a gordura!!! 
Piadinhas à parte, ela está sendo muito encontrada por aqui na forma de sucos (há algumas semanas a Sufresh lançou sua versão de suco de cranberry) e até mesmo desidratada. Até na forma natural a gente consegue encontrar! 
E porque suco de cranberry?? Bom, as frutinhas são ricas em proantocianidina, substância indicada em alguns estudos como sendo muito mais potente que a vitamina E (de 15 a 25 vezes mais) para inibir a aderência de bactérias do tipo Escherichia coli na mucosa da bexiga, combatendo as infecções do trato urinário! Bacana demais né??? Quem tem infecções recorrentes pode testar o tratamento com o suquitcho!

Mas muita atenção!! O suco da frutinha ainda é rico em oxalato, uma substância que pode atrapalhar a absorção de nutrientes e piorar o quadro de cálculo renal (pedras nos rins) de quem tem predisposição, uma vez que as pedras são formadas principalmente pela combinação de oxalato com cálcio. Por conta disso a ingestão máxima recomendada do suco de cranberry para pessoas com histórico da doença deve estar bem estabelecida pelos profissionais de saúde! Não tome um litro por aí sem recomendação!! 
Essas proantocianidinas das cranberries também podem auxiliar a saúde bucal, impedindo a ligação das bactérias nos dentes, segundo estudos americanos... aparentemente elas também podem ser benéficas na prevenção de doenças na gengiva!!
Acabei pesquisando bastante e existem algumas evidências do uso de cranberries na saúde cardiovascular e até mesmo redução de alguns tumores, como o de próstata... lógico que existem estudos, mas temos que ter muito cuidado e parcimônia ao afirmar que essas frutas fazem todos os milagres possíveis e imagináveis... 
Alimentação saudável sempre, frutas vermelhas sempre bem vindas!! 

Fontes:

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

E agora? Meu familiar está com dieta enteral!


Oi pessoal! Tudo joia? Pois é, a volta dos que não foram! O tempo é curto, a vontade de escrever é grande! Por isso estamos aqui para abordar hoje um tema não muito famooooso na nutrição do público em geral que é a Nutrição Enteral.
Há umas duas semanas fui dar uma aula e acabei falando da tal Nutrição Enteral e lembrei que isso nunca foi abordado com foco por aqui!!
Mas afinal das contas, o que é isso??
Bom, a dieta enteral nada mais é que uma alimentação pronta para ser passada por uma sonda.... E pra quê???
Ela é usada quando o paciente não pode (ou não consegue) se alimentar ou não consegue atingir suas necessidades nutricionais através da alimentação convencional.
Querem um exemplo? Pensem num paciente que sofreu um acidente de carro e está em coma no hospital... Ele não consegue comer porque está em coma, certo?
Mas vocês ficam sem comer por 2, 3 dias? Uma semana? Eu não consigo ficar mais de 5 horas sem comer!! 

                                         


E o paciente que não consegue comer precisa ser alimentado!!! São nos nutrientes que ele vai tirar o que ele precisa para recuperar tecidos, por exemplo, junto com todo apoio dos medicamentos!! 
Por isso que muitas vezes os pacientes vão de alta do hospital para casa com a tal da sonda de dieta enteral... O paciente pode estar clinicamente bem, mas ainda não consegue ou não pode comer pela boca de forma "regular".
Algumas sondas são passadas pelo nariz e chegam até o estômago ou intestino... Essas normalmente são usadas por períodos mais curtos de tempo, tipo um mês.... Mas caso o paciente precise ficar muito mais tempo de sonda (como é o caso dos pacientes que tiveram um derrame e não vão mais se alimentar sozinhos) existe a tal gastrostomia. Essa gastrostomia é uma sonda que é colocada diretamente no estômago do paciente, dentro do hospital mesmo!
E o que dar pela sonda??
Bom, existem as dietas caseiras e as dietas industrializadas.... A dieta caseira é como se eu batesse arroz, feijão, bife e salada no liquidificador, coasse e passasse na sonda... Ela é um pouco trabalhosa e requer muita atenção de quem faz... Higiene e qualidade são essenciais!!! Não adianta dar "água de cozimento de batata" para os pacientes... Todos merecem uma alimentação equilibrada!!!
As versões industrializadas atualmente possuem um preço mais acessível e garantem a tal qualidade nutricional... Ou seja: nada de água de batata para o paciente!!
Desnutrição e má alimentação só pioram o quadro clínico do paciente... Se vocês tiverem alguém que vai começar uma dieta por sonda em casa pensem que todos precisam de uma alimentação saudável e equilibrada... Por boca ou por sonda!!!

sábado, 31 de agosto de 2013

Souvenaid: uma nova opção para o tratamento da Doença de Alzheimer na fase leve

Pessoal, super bom dia! Tudo bem???
Acordei hoje empolgada no dia do Nutricionista (êêêêê!!!) para falar de um assunto que não é muuuuuito falado no mundo da Nutrição, que é a Doença de Alzheimer (ou DA, pra ficar mais fácil!)... claro que, como nutricionista, já atendi pacientes com DA, porém o foco era muito mais a desnutrição e o cálculo calórico da alimentação por sonda do que tratar o paciente por conta da doença em si...
Vamos falar um pouquinho do Alzheimer?
A DA é um tipo de demência que acomete principalmente a população idosa; se eu não me engano cerca de 70% dos quadros demenciais nesta faixa etária se configuram DA... ela é degenerativa e por enquanto sem cura...
O paciente com DA inicia com perda da memória (recente), passando progressivamente pelo declínio cognitivo.... como eu sei que vocês estão se perguntando o que seria esse declínio cognitivo, vou tentar explicar de uma forma bem fácil: o declínio cognitivo significa perder a capacidade de adquirir novos conhecimentos, além de fazer atividades antes rotineiras, como calcular as contas de casa ou fazer uma lista de supermercado!
A DA acomete cerca de 1,5 a 3% das pessoas entre 65 a 70 anos, sendo que a prevelência aumenta conforme a pessoa vai envelhecendo, ou seja: cerca de 40 a 50% dos idosos com mais de 85 anos podem apresentar DA! É muita gente!
A DA é uma doença que "rouba a alma" dos pacientes... a perda da memória recente, seguida da perda da cognição, capacidade de executar as atividades de vida diária (tomar banho, se vestir, pentear os cabelos...), faz com que a pessoa doente fique cada vez mais alheia ao mundo externo, até que a interação com as pessoas acaba por deixar de existir... de fato a doença é muito complexa, não somente para o paciente, mas também para os familiares que estão próximos, sentindo na pele a "perda" do familiar dia a dia...
Agora pensa: estamos envelhecendo! Ou seja: a cada ano que passa, a chances de vivermos mais é maior e as chances de termos as doenças típicas do envelhecimento também!
O crescimento dos quadros demenciais deve crescer muito nos próximos anos, especialmente naqueles países em desenvolvimento... e teremos que ter uma estrutura muito bem consolidada para tratar tanto idoso com tantas doenças associadas!
Alô? Medicina Preventiva??? Cadê você??
Bom, as pessoas não acordam de um dia para outro com um quadro de DA leve.... temos estágios anteriores à doença bem estabelecida.... a queixa de dificuldade de memória entre os idosos é a queixa mais prevalente, podendo acometer entre 10 a 15% dos idosos. Isso não quer dizer que todas as pessoas com perda de memória vão evoluir para DA, mas estudos mostram que até 50% dessas pessoas que possuem queixa de memória podem evoluir para quadros demenciais, quase sempre DA.
Essa perda de memória sem estar acompanhada de uma alteração das atividades de vida diárias e sem quadros demenciais pode ser classificada como Comprometimento Cognitivo Leve ou CCL. Lógico que esse diagnóstico é feito por um médico!! Pelamordedeus, não vão sair por aí pensando que vcs vão ter Alzheimer porque vocês andam esquecidos, estressados ou porque vocês nunca lembram onde colocam as chaves do carro!!!
Bom, pensando em toda a evolução da doença, a evolução do envelhecimento no Brasil, devemos cada vez mais pensar em um diagnóstico precoce para trazermos mais qualidade de vida aos pacientes e aos familiares. E sabe porquê??? Quando temos os critérios para fechar o diagnóstico "bem acertads"e definidos, uma boa parte dos neurônios (células do cérebro) já estão em processo de destruição e isso limita um pouco o alcance de um tratamento mais efetivo em longo prazo! Tudo nos leva a crer que ao se iniciar o tratamento nas fases anteriores ao início da demência da DA, fica mais fácil ter um sucesso terapêutico mais consistente!!
Atualmente os pacientes possuem diversas opções de tratamento para tratar por exemplo os sintomas da doença. Dentre as opções de tratamento, temos o tratamento medicamentoso e o tratamento não medicamentoso, que inclui terapia ocupacional, atividade física, musicoterapia e NUTRIÇÃO!!
Há cerca de 10 anos não existia nenhuma grande novidade para o tratamento dos pacientes com DA, até que o Souvenaid foi lançado mundialmente há quase um ano!
Porque o tal Souvenaid é bacana?
Primeiro porque é um composto nutricional... um nutracêutico na sua definição mais pura! Ou seja: pelo fato de ser uma reunião de nutrientes, o bichinho não traz reações adversas.... a contra indicação fica basicamente pros pacientes alérgicos à crustáceos, pois a fonte de lipídeos é 100% óleo de peixe!
Que mais?
O Souvenaid tem estudos comprovando eficácia na melhora da memória dos pacientes com DA leve... são mais de 1000 pacientes estudados, o que traz uma segurança na prescrição!
Que que mais?
Os estudos ainda não terminaram! Existe um grupo enooorme na União Europeia que está avaliando os pacientes na chamada fase prodrômica (ou pré Alzheimer), onde o paciente já apresenta perda de memória recente, mas sem alterações de cognição...
Mas como o produto atua??
O foco do Souvenaid é nas membranas dos neurônios (células cerebrais).... os nutrientes do Souvenaid ajudam a deixar essa membrana celular íntegra, atuando em sua melhor performance... e com isso eu tenho uma manutenção e até aumento do número das tais sinapses, que nada mais é que a comunicação entre as células cerebrais.... como elas se comunicam mais e melhor, consegue-se perceber uma melhora da memória! Não existe NADA no mercado para o tratamento do Alzheimer (tratamento medicamentoso ou não) que atua em nível de membrana de neurônios para aumentar o número de sinapses...
Louco né??? Pensando bem.... loucura não! Isso é ciência! Isso é nutrição!!!



Até mais!!!

Fontes:
www.souvenaid.com.br
.... e meus conhecimentos!!!

domingo, 31 de março de 2013

Smoothies Jasmine - excelente opção para dieta pastosa da Cirurgia Bariátrica!

Gente, boa noite!!! Tudo jóia???

A Páscoa está terminando e os pacientes bariátricos estão afim de operar, pois afinal das contas já passou o  Natal, férias, Carnaval e a "chocolateada" toda da Páscoa!!!  
Nos serviços de Cirurgia Bariátrica que atendo, trabalhamos com a dieta líquida e a dieta pastosa no primeiro mês pós operatório. Para mim sempre é muito bom buscar novas opções, facilidades, modernidades e saúde em todas as fases que estão envolvidas com a cirurgia. Não é porque estamos passando por "apenas um mês de dieta" que iremos viver de água de batata, certo??? Aliás, cada ano que passa eu dou mais valor à este primeiro mês pós operatório! Os estudos mostram que precisamos atuar do ponto de vista nutricional de uma maneira assertiva e equilibrada, dentro das nossas limitações da dieta líquida ou pastosa. 

Há alguns meses eu conheci os Smoothies da Jasmine, que particularmente achei uma opção muito gostosa, prática e saudável para os pacientes que já entraram na dieta pastosa do pós cirúrgico da Cirurgia Bariátrica. Os Smoothies são como purezinhos de frutas, prontos para consumir, que misturam várias frutas, como por exemplo o smoothie de maçã, framboesa e uva. Sinceramente.... delicioso!!! A embalagem individual (de 90 gramas) facilita muito para aquele paciente que já voltou a trabalhar e precisa levar toda a sua dieta de casa.... fora que pode ficar fora da geladeira!!!
Olha que belezinha:
O Smoothie de Maçã e Uva, por exemplo, tem 64 calorias num pacotinho, além 2,3 gramas de fibras e um bocadinho de vitamina C (7,3 mg). O que eu gosto muito é que eles não são adicionados de açúcar, conservantes ou aditivos químicos.... ou seja: os pacientes não vão ter Síndrome de Dumping com os "smoothinhos"! Ufa! Ainda bem!!! 
Até eu já uso os bonitinhos no meu dia a dia... um smoothinho geladinho cai bem demais!!!!! 

Fonte:
http://www.jasminealimentos.com