quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Alimentação e o Risco de Câncer

Boa noite pessoal!!!!

Estou aqui mais uma vez pra discutir o que eu sempre vejo no consultório... uma das coisas que estou observando com mais e mais frequência é o consumo de frios e embutidos no lugar de comida especialmente no jantar! As pessoas estão abandonando o hábito do arroz, carne, salada no jantar e estão preferindo um misto quente, pão com presunto e por aí vai... mas será mesmo que esta é uma boa opção para nosso organismo???
Muitos componentes da nossa alimentação tem sido relacionados com o desenvolvimento do câncer, principalmente o de mama, reto, cólon (intestino grosso), próstata, estômago e esôfago.
Os estudos chegam a mostrar que 1/3 de todos os tipos de cânceres estão relacionados às dietas inadequadas!!!
Alguns alimentos contêm níveis significativos de agentes cancerígenos. Os nitritos e nitratos usados para conservar alguns tipos de alimentos, como picles, salsichas e outros embutidos, além de alguns tipos de enlatados, se transformam em nitrosaminas no estômago.
As nitrosaminas, que têm ação carcinogênica potente, são responsáveis pelos altos índices de câncer de estômago observados em populações que consomem alimentos com estas características de forma abundante e freqüente. Por outro lado, a vitamina C e o beta-caroteno, encontrados em frutas cítricas, verduras e legumes amarelo-alaranjado (cenoura, tomate, melancia, pimentão vermelho e amarelo), agem como protetoras contra o câncer, porque evitam a que os nitritos se transformem em nitrosaminas.

Concluindo: os cânceres de esôfago e de estômago estão relacionados mais com o consumo de alimentos defumados, assados na brasa e aqueles preservados em sal.
Ou seja: comer churrasco todos santo final de semana provoca câncer??????
Bom, o churrascão provoca câncer, de acordo com muitos especialistas... só que o velho cigarrinho safado pode ser mais perigoso do que as picanhas, lombos e lingüiças assados na brasa ou defumados.
As carnes para churrasco muitas vezes possuem excesso de gordura, o que dificulta a digestão, forçando o estômago a produzir sucos digestivos em excesso, podendo levar à uma corrosão das paredes do intestino, provocando mutações cancerígenas. Aos comermos churrascos e defumados, estamos ingerindo uma substância chamada amina heterocíclica, criada pelo calor da grelha (forma aquele “pretinho tostadinho crocante” dos churrascos). As aminas heterocíclicas entram nas células, onde se ligam ao DNA e provocam mutações cancerígenas. Punk né???
O mesmo vale para os alimentos defumados impregnados pelo alcatrão (aquele mesmo alcatrão dos cigarros) proveniente da fumaça.
Quem é quem no Piauí: os alimentos defumados incluem o presunto, frango defumado, linguiça, pastrami, salsichas. Neles encontramos nitratos e nitritos, que quando digeridos são transformados em nitrosaminas, um potente agente cancerígeno, especialmente para o estômago!

Por acaso vocês sabiam que o tipo de preparo do alimento também influencia no risco de câncer???
Ao fritar, grelhar ou preparar carnes na brasa a temperaturas muuuuito elevadas, podem ser criados compostos que aumentam o risco de câncer de cólon, estômago e reto. Por isso, métodos de cozimento que usam baixas temperaturas são as escolhas mais saudáveis, como pochet, vapor, fervura, ensopado, assado ou cozido.

Atenções especiais também devem ser dadas aos grãos e cereais, com especial cuidado ao amendoim. Uma vez armazenados em lugares inadequados e úmidos, esses alimentos podem ser contaminados pelo fungo Aspergillus flavus, que produz a aflatoxina, uma substância cancerígena. Essa toxina está relacionada ao desenvolvimento de câncer de fígado!!!!

Que tal olhar com mais carinho para seu prato e a sua alimentação???? Não estamos falando somente de obesidade e colesterol alto, não! Alimentação saudável é coisa séria por estes e milhões de outros motivos importantes!!!
Veja bem: não estou falando para cortar o churrasquinho da sua vida nem proibir ninguém aqui de comer um presuntinho de vez em quando!!! Mas tem coisas na vida que precisam virar exceção e não regra.... tudo que é demais, faz mal, como dizia a minha avó!!!!

Ou como já dizia o grande Hipócrates: “Faça do alimento seu medicamento”!

FONTE: http://www.inca.gov.br/conteudo_view.asp?ID=18

Um comentário: