quinta-feira, 30 de julho de 2009

Medicação X Alimentação

Vou mofar com esse tanto de chuva!!!!!!
Gente, ontem à tarde fiquei super satisfeita com um "pacto" que fiz semana passada com o paciente portador de DM 2 (Diabetes Tipo 2) e o médico da equipe do Centro de Diabetes...
Ao analisarmos todo o perfil glicêmico do paciente, percebemos que o mesmo tinha glicemias (taxas de açúcar do sangue) pós prandiais (após as refeições) extremamente elevadas... ou seja: o homem arrebentava mesmo no consumo de carboidratos no café da manhã, almoço e jantar!!!!
Em tempo de informar: os carboidratos são um grupo de alimentos que aumentam as taxas de açúcar no sangue em um período que pode variar de 15 minutos a 2 horas. Cerca de 100% dos carboidratos vira glicose e é isso que faz aumentar o açúcar no sangue (glicemia). Farinhas, arroz, massas, batata, beterraba, milho, bolachas são exemplos clássicos de carboidratos.
O médico (como sempre, rsrsrs) já quis enfiar goela abaixo do paciente um "comprimidinho" para resolver essas glicemias pós prandiais... daí começou a "briga": eu queria primeiro introduzir a orientação nutricional, pra depois ver se era preciso mesmo de medicação para esse controle.... Ainda bem que eu trabalho com pessoas flexíveis! O médico topou o desafio e o paciente achou a idéia ótima....
Então o trato semana passada foi feito: o paciente se comprometeu a melhorar o padrão alimentar, incluir mais saladas no almoço e jantar, controlar o consumo de carboidratos, comer mais vezes ao dia...
Ou seja... ontem ele me chegou cerca de 1 kg mais magro (paciente sobrepeso) e com as glicemias pós refeições praticamente dentro do esperado... menos remédio, menos peso, mais saúde!!!!
Ponto pra ele, ponto pra equipe e muita satisfação pra mim, que mais uma vez pude "provar" que nossa intervenção funciona sim!!!!
Pacientes... mantenham-se motivados, procurem uma equipe/profissional que te levantem, te motivem, te deixem com vontade de vencer sempre!!!!
As ferramentas são dadas, são vocês que vão usá-las... esperamos sempre que da melhor maneira possível!!!!!!
Boa chuva pra nós hoje de novo.....

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Dieta dos Franceses


Bom dia!

Que chuva paulistana é essa???? Não aguento mais ver tempo feio lá fora!!!! Afeee....

Recebi há um 2 dias esse e-mail falando da dieta dos franceses... achei fantástico, pois tem muitos itens que fazem parte da cartilha das nutris MESMO, rsrsrsrs...



"O Dr. Will Clower, médico neurofisiologista desenvolveu, durante sua estada de dois anos no Institute of Cognitive Science, em Lyon, naFrança, um plano de 10 etapas para nunca mais fazer dieta e, ainda assim, emagrecer com saúde,como os franceses.
"Descobri que os franceses violam todas as regrasalimentares que estipulamos para nós. E, apesar deseus cremes, queijos, manteigas e pães, a taxa de obesidade na França é de apenas 11,3% da população, segundo pesquisa realizada em 2005 pela Internacional Obesity Task Force.

O programa de emagrecimento saudável é baseado em quatro grandes princípios básicos: comer alimentos de verdade, aprender a comer, reduzir a quantidade de comida e ser ativo, sem necessariamente se exercitar". "Em uma volta pelo supermercado fiquei impressionado com os laticínios. Onde estavam os produtos lights?"

Segundo o médico, estamos inundados de alimentos artificiais - açúcares sintéticos, gorduras sintéticas e produtos alimentícios artificiais. Falta-nos reaprender o que é comida de verdade, já que é a ingestão dela que proporciona ao corpo a nutrição na forma de que ele necessita. Clower afirma que em vez de estimular a ingestão de novas substâncias químicas para enganar o organismo, o programa mostra porque alimentos de verdade funcionam em favor do corpo.
"Temos que reaprender o que é comida de verdade. Alimentos de verdade são os produtos naturais, que podem ser encontrados em um texto de biologia e que normalmente fazem parte da cadeia alimentar. Refrigerantes não dão em árvore, margarina é uma invenção, e os corantes, conservantes e estabilizantes que aumentam a vida do produto não foram feitos parao nosso corpo", defende.

Em sua observação dos costumes alimentares franceses, o médico descobriu que os franceses não comem alimentos processados, não evitam gorduras, chocolates e nem carboidratos, não tomam suplementos alimentares, não se abstêm do vinho no almoço e no jantar e não comem com pressa. Ao adotar os hábitos franceses, ele e a mulher emagreceram onze e cinco quilos, respectivamente.

- Em uma volta pelo supermercado fiquei impressionadocom os laticínios - fileiras e fileiras de queijos, uma geladeira inteira só pra iogurtes e queijos frescos...Onde estavam os produtos lights?

Entre outras dicas, Clower prescreve uma limpa na despensa e na geladeira, com o auxílio de que se deve terem casa, fala sobre os benefícios da cerveja e do vinho ,com moderação, é claro, da importância de se passar mais tempo à mesa, usufruindo do sabor da comida e de como isso auxilia a diminuir o tamanho das porções, e da necessidade de se manter ativo. Os resultados, garante ele, surgem em seguida.

Plano de 10 etapas:

1 - Comer devagar. Comer muito rápido faz comer mais. O estômago demora cerca de 20 minutos para mandar um sinal para o cérebro. Comendo devagar, o cérebro tem tempo de receber a mensagem de que seu corpo está satisfeito.

2 - Garfadas menores. O paladar está na superfície da língua. Se a sua boca está cheia de comida, você nem sente o gosto.

3 - Concentre-se na comida. Comer em frente à TV ou no carro faz o momento se tornar irrelevante.
A falta de atenção faz com que se coma demais.

4 - Apóie o garfo no prato. Se ainda tem comida na sua boca, coloque o garfo no prato. Não o encha novamente até que tenha engolido.

5 - Sirva a comida em pratos pequenos. Isso resolve dois problemasde uma só vez: o de lavar a louça e o fato de você comer com os olhos.

6 - Comida sem gordura engorda. Comidas sem gordura não satisfazem e contêm mais açúcares.

7 - Se não for comida, não coma. Nosso corpo sabe o que é comida de verdade: carnes, frutas, verduras. Invenções como coca-cola causam problemas de saúde e de sobrepeso.

8 - Coma em etapas. Coma a salada primeiro. Isso ajuda a ganhar tempo à mesa e previne que você coma rápido e em grande quantidade.

9 - Gordura é necessária na dieta. Seu corpo e cérebro necessitam de gordura para serem saudáveis. Você come uma quantidade normal de gordura quando come alimentos de verdade, como manteiga, azeite, ovos, castanhas e queijos.

10 - Alta qualidade da comida leva a comer menos quantidade!

CRÉDITOS: magalidcoutinho@ gmail.com http://magalicoutin hocriacoes. blogspot. com http://magalicoutin horeceitas. blogspot. com



terça-feira, 28 de julho de 2009

Consumo de Frutas pós Cirurgia Bariátrica




Bom, acabei de receber um e-mail de uma paciente operada de cirurgia de redução de estômago (técnica de Capella) que está muito bem, obrigada!


Não vomita, não passa mal, e a perda de peso caminha conforme o esperado (está fazendo a lição de casa direitinho!!!). Mas existe um porém: a bichinha está querendo comer 2 laranjas de sobremesa do almoço e mais 2 de sobremesa do jantar... segundo a Pirâmide dos Alimentos, até dá pra gente encarar 5 porções de frutas ao dia, mas sabe como é.... estamos em processo de perda de peso, estômago do tamanho de um ovo (menor até), acaba meio complicado liberar tanta fruta em detrimento dos outros nutrientes que preciso priorizar...
Por isso que eu recomendo 3 porções de frutas para o pós cirúrgico, sempre lembrando que uma porção é uma fruta pequena (maçã, pêra) ou uma xícara de fruta muito pequena (jabuticabas) ou uma fatia de fruta grande (melancia), de preferência distribuídas ao longo do dia!
Festa da fruta??? Nesse estômago kitinete não dá não!!!!

Diabetes e Hipoglicemia


Hoje à tarde atendi uma paciente DM1 (Diabetes Tipo 1), com diagnóstico de Diabetes há mais de 20 anos com muuuitas hipoglicemias ao longo da semana... tanto que a paciente simplesmente desistiu de fazer academia por conta de tanto mal estar que ela tinha!
E o pior: ela não sabia corrigir adequadamente as hipoglicemias!!!

Pra quem não sabe o que é Hipoglicemia ou pra quem acha que sabe, nada como ter uma explicação mais técnica:

DEFINIÇÃO:
A hipoglicemia é uma condição onde o açúcar do sangue (glicemia) se encontra em valores abaixo de 70 mg/dL. Normalmente a gente consegue verificar isso utilizando um monitor de glicemia capilar, tipo Accu Chek, One Touch, Optium Xceed...

Tem locais que considera 60 mg/dL, tem gente que acha que é apenas abaixo de 50 mg/dL... mas minhas referências vão em 70 mg/dL, ok???

SINTOMAS:
Os sintomas mais comuns são: tontura, visão embaçada, calafrios, tremores, taquicardia e suor frio. Tem gente que sente sonolência, moleza, "abrição de boca"...

O QUE FAZER?
Se você estiver com os sintomas descritos acima ou se durante as medições da glicemia os valores estiverem abaixo de 70 mg/dL, é necessário corrigir a hipoglicemia com 15 gramas de carboidratos simples (rápida absorção), como por exemplo:
- 01 colher de sopa de açúcar em um copo de água;
- 01 colher de sopa de mel;
- 03 sachets de mel;
- 150 mL (01 copo americano) de refrigerante normal;
- 150 mL (01 copo americano) de suco de laranja ou melancia.

Ou seja: não adianta querer corrigir hipoglicemia com arroz, bolachas recheadas ou refrigerante zero!!!! Primeiro porque o arroz é um carboidrato complexo, ou seja, o aumento da glicemia vai demorar um bocado e quem está passando maaaal não vai querer esperar até 2 horas pros sintomas passarem....
Bolachas recheadas.... aaaaaahhhh.... essas têm muita gordura, que vai prejudicar a absorção do açúcar!!! E refri Zero não tem açúcar, né gente?? Como vc corrige uma hipo sem açúcar????

Bom, depois do consumo do tal do carboidrato de absorção rápida, vale a pena aguardar 15 minutos e realize uma nova medição (pra quem tem monitores de glicemia capilar, excelente!). Se os valores estiverem acima de 70 mg/dL, a hipoglicemia estará corrigida. Caso contrário, repetir o procedimento, ingerindo mais 15 gramas de carboidratos de rápida absorção.
Ou seja: nada de ficar "xuxando" um monte de bolachas pra dentro, pois o que era hipoglicemia vai virar uma suuuper hiperglicemia! Sair de uma glicemia de 40 para 380 mg/dL em 45 minutos.... totalmente péssimo para o controle glicêmico!!!!!!!

Diabéticos de plantones: não vacilem!!!! Rsrsrsrsss....

Começando

Gente, bom dia!
Acabei de criar este blog... a idéia é ter sempre novidades de acordo com meu dia a dia na profissão de nutricionista clínica!

Nos ambulatórios e no consultório sempre aparecem fatos interessantes que podem ser resolvidos e principalmente divididos!!!
Agora mesmo estou no meu consultório no Paraíso para atender um paciente em pré operatório de Cirurgia Bariátrica... são tantas dúvidas, neuras e ansiedade!
Um passo de cada vez!!!