sexta-feira, 25 de setembro de 2009

É preciso mesmo tomar suplemento de proteína depois da cirurgia bariátrica???

.... sim, é preciso MESMO!!! Não é frescura nem coisa de nutricionista metida não!!!!


Os anos passam e os estudos científicos provam cada vez mais que uma boa suplementação protéica no pós operatório ajuda na recuperação do paciente e na manutenção da massa muscular... a gente sabe que um procedimento cirúrgico de grande porte como a cirurgia bariátrica sempre acaba levando o paciente a perder um pouco de massa muscular, porém a ingestão baixíssima de alimentos no pós operatório só faz esse quadro piorar!!!!


EL Taylor e alguns colaboradores, estudaram e escreveram em 1995 (há mais de 10 anos!!!!!!!), que após a cirurgia, a perda de massa magra pode chegar a 25% do total de peso perdido!!! Isso é muuuuita coisa!!!
Todos sabem que o objetivo pós cirurgia é perder gordura e não massa muscular! Por isso que a suplementação é tão importante...

Os estudos científicos comprovaram que dietas com menos de 50 g/dia de proteínas estão associadas à um maior consumo de massa magra. Veja bem, não estamos falando de 50 g de carne, são 50 gramas de proteínas! A carne tem sangue, gordura, água... ela não é feita de proteína pura!!! Pra vocês terem uma idéia, 2 colheres de sopa de carne moída tem cerca de 11 gramas de proteína.... "Ah, isso é fácil de comer, eu como até uma escumadeira sem esforço!"... mas pensem no cidadão operado que tem o estômago do tamanho de um dedão... será que é tão fácil de comer essas 2 colheres de sopa de carne moída para atingir 1/5 das necessidades de proteína do dia????



Não é fácil MESMO!!! A capacidade do novo estômago NÃO permite em um primeiro momento a realização de refeições balanceadas... suplementar acaba sendo nossa saída!!!

Um estudo publicado na Obesity Surgery (revista científica focada apenas em cirurgia bariátrica) em 2008 mostrou que, em média, os pacientes ingerem 31 gramas de proteínas ao dia no primeiro mês após a cirurgia e cerca de 37 gramas de proteínas no terceiro mês pós cirúrgico!!! Todos sabem que com 3 meses você pode comer todos os tipos de alimentos e mesmo assim a ingestão de proteínas fica muito aquém das necessidades....


Logo, se você foi operado há pouco tempo e ainda não começou a consumir suplementos protéicos, MEXA-SE! Informe-se, consulte seu nutricionista, cirurgião e lembre-se: ninguém quer te ver menos agitado do que uma samambaia nem muito menos com os cabelos ralos, caindo, secos e quebradiços por falta de uma alimentação adequada e uma suplementação protéica eficiente!!!!



Fontes:
Taylor EL, Chiasson PM, Perey BJ: Predicting bariatric surgical outcome: does preoperative Weight Gain Correlate with Lesser Postoperative Weight Loss? Obes Surg 1995, 5:375-377
Bavaresco M, et al. Nutritional Course of Patients Submitted to Bariatric Surgery. Obes Surg. 2008. Oct 17. [Epub ahead of print]

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Lanchinhos ao longo do dia

Oi gente, boa tarde! Tudo bem com vocês???
Estou beeeeem chateada, roubaram meu carro semana passada!!! Por isso que fiquei meio relapsa em atualizar o blog, pois tem tanta coisa que envolve esse processo todo de furto!!!!!
Enfim... estava eu navegando hj pela manhã quando eu vi essa matéria bem bacana sobre lanches para se comer ao longo do dia!

Nutri que é nutri que se preze sempre fala pra se comer mais ou menos de 3 em 3 horas... agora comer o que é o grande problema né????
Na Unifesp hoje eu atendi duas pacientes que não estavam nem aí pros lanches! Mal e mal faziam o café da manhã e quando iam almoçar, comiam tudo e mais alguma coisa tamanha era a fome dessas bichinhas!!! Não tem dieta que sobreviva à esse esquema!!!!
Ficar muito tempo sem comer é estressante para o organismo.... temos a produção de alguns hormônios do estresse que dificultam nosso emagrecimento... ou seja: para perder peso, nada como comer de pouquinho em pouquinho várias vezes ao dia!!!!

Como das outras vezes, vou postar a matéria e comentar em negrito!

"Você já come de três em três horas como manda o manual da alimentação saudável, equilibra as refeições e vive de olho nos alimentos que coloca no prato, mas o que fazer quando ainda não se passaram três horas entre uma refeição e outra e bate aquela fome? >>> Comer uma pequena 'merenda' é a solução!!!!! Uma opção saudável é preencher a sensação de vazio no estômago com algum lanchinho que não prejudique a sua dieta. É isso mesmo! Lanchinho (inho, pequenininho). Os lanches mais não fazem mal nenhum à saúde nem à dieta e até podem, dependendo da pessoa, estimular o metabolismo e reduzir o apetite da próxima refeição, porém, deve-se prestar atenção as calorias ingeridas nesses intervalos (concordo plenamente: é muito importante lembrar que uma dieta só funciona com planejamento: ou seja, não adianta comer coxinhas e pães de queijo gigantes nesses lanchinhos!!!). Esses lanches precisam ser de alimentos que matem a fome sem acabar com a sua dieta", explica a nutricionista. Os lanchinhos são mais do que recomendados, pois, quando o organismo fica muito tempo sem receber alimentos, o metabolismo desacelera e o corpo acumula gordura. "Por isso, fazer um lanchinho saudável é importante para manter o equilíbrio do organismo e a boa forma", explica a nutri.

Depois do lanche do café da manhã
Nesse período, o organismo está começando a processar os nutrientes que recebe, por isso, é importante ingerir alimentos com poucas calorias e que metabolizem energia rapidamente. O ideal, segundo a nutricionista Anita Sachs, é comer uma fruta natural ou seca, ou tomar um copo de água de coco ou de suco natural. Leves e nutritivos, eles saciam a fome e hidratam seu organismo (só muito cuidado com o tipo de suco de fruta, pois alguns sucos são feitos de muitas frutas, aumentando demais o seu valor calórico e minando a dieta que está sendo feita com tanto carinho! Acho mais adequado comer a fruta, com a casca e o bagaço, que são ricos em fibras, do que ficar apenas com o suco de fruta, que muitas vezes não tem fibras e 'escorregam' fácil do estômago para o intestino, dando a sensação de fome mais rápido do que o esperado!).

Antes ou depois do lanche da tarde
Se o lanche da tarde costuma ser turbinado, equilibrando proteínas e gordura, invista em alimentos mais leves, como frutas ou torradas. O ideal é fazer um bom lanche da tarde, com pão e requeijão, biscoitos sem recheio, uma fatia de bolo ou um copo de leite batido com frutas. Caso você ainda sinta fome, coma uma fruta no intervalo antes do jantar. "Com um lanche equilibrado, dificilmente seu organismo vai sentir fome e você estará saciado até a próxima refeição, mas caso você ainda sinta aquela fominha, invista nas frutas. Os chás também são bem-vindos", explica a nutricionista. (o que não dá é ficar apenas pensando em tomar um chazinho para poder tapear a fome e chegar detonando na hora do jantar; melhor fazer um lanche mais completo e saudável durante o período da tarde e comer com qualidade no jantar do que ficar sem comer nada até a hora de chegar em casa e querer comer o que estiver na frente!)

Antes de dormir
À noite, nosso organismo processa mais lentamente os alimentos, por isso, o mais recomendado é ingerir lanchinhos que não tirem o sono ou causem uma baita dor de estômago. "Biscoitos sem recheio, torradas com requeijão light e um copo de leite ou de chá, mas é preciso variar um pouco para não exagerar nos carboidratos. As pessoas associam lanches aos pães, bolos, biscoitos e esquecem que o cardápio variado deve ser composto por outros ingredientes". (mesmo os carboidratos sendo a base da pirâmide, não podemos exagerar no seu consumo!)

Doce pode? Quando?
Segundo a nutricionista, os doces são liberados, mas em pequenas quantidades. É saudável ingerir um pedacinho (15 gramas) de chocolate, preferencialmente amargo, ou de outro doce, porque isso faz com que seu organismo relaxe. (chocolate amargo tem propriedades interessantíssimas!!!! Vale a pena conferir!)
"Os doces são mais bem absorvidos pelo organismo quando ingeridos após as refeições. "Isolados, demoram mais para serem metabolizados e provocam picos de liberação de insulina na corrente sanguínea, podendo causar acúmulo de gordura", diz a nutricionista. Por isso, prefira ingeri-los como sobremesa, após o almoço, período em que você ainda tem tempo para gastar energias.

Integral é melhor?
Por facilitarem a digestão, ajudarem no funcionamento intestinal e saciarem mais a fome, os integrais são sempre a melhor pedida para qualquer refeição. Como se trata de lanchinhos entre as refeições, eles são mais do que recomendados, já que a ideia é comer algo leve e nutritivo para "agüentar" até a hora da refeição principal (pães, torradas ou biscoitos integrais sempre são excelentes opções. Às vezes um farelo de trigo, farelo de aveia ou aveia em flocos pode fazer a vez do integral que não estava presente).

No supermercado
Encha o carrinho com frutas (nas versões in natura ou secas), iogurtes, cereais, sucos e chás. Biscoitos integrais e proteínas também não podem faltar, por isso, faça uma listinha com alguns componentes essenciais a sua alimentação, assim, você não substitui o que esqueceu por guloseimas calóricas com poucos nutrientes e pode fazer aquela boquinha sem receio de fazer o ponteiro da balança subir. "A gente acaba comprando por impulso e por gula e depois fica difícil não comer as tentações. Elas não são proibidas, mas não devem ser consumidas em grande quantidade (evite de fazer supermercado com fome! Quando a gente está morrendo de fome, tudo parece delicioso! A gente compra mais do que deveria e muitas vezes compra alimentos nada saudáveis. O melhor horários para ir às compras é logo depois das grandes refeições)". Também vale prestar atenção no consumo em excesso de comidas industrializadas e enlatados. "Os alimentos naturais são sempre mais saudáveis". Outra dica é ser comedido em relação aos alimentos da moda. "Olhe sempre os rótulos. As informações nutricionais desmistificam os mitos e você não cai no conto da barrinha de cereal que, tirando raras exceções, apresenta índices insignificantes de fibras e nutrientes, além de conterem açúcar" (o mesmo serve para biscoitos salgados que estão em embalagens práticas para colocar na bolsa; muitas vezes eles são ricos em gorduras saturadas, gorduras trans e sódio).

Consultar uma nutricionista e discutir quais as melhores opções para cada horário e estilo de vida acaba sendo mais adequado e saudável.... cada um é cada um!!!
Esse papo todo me fez lembrar que está mais do que na hora de EU comer alguma coisa agora de tarde para segurar a fome até o jantar!!!!!


Fonte: http://yahoo.minhavida.com.br/conteudo/10151-Pequenos-lanchinhos-o-dia-todo-mandam-a-fome-e-os-quilos-embora.htm