quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Conscientização na hora de seguir uma dieta

Bom dia pessoal! Tudo bem????
Hoje pela manhã estava atendendo um graaaande amigo meu (bjos Novickis!!) e iniciamos a consulta batendo um papo sobre os hábitos alimentares.... quando chegou na parte dos doces ele foi bem enfático: "essa semana eu não comi NADA de doce; posso comer alguma coisa até o final da semana?".
O mais engraçado é que saímos para comer ontem à noite e o moçoilo comeu uma bela taça de morangos.... com suspiros e chantilly!!!! Quando eu falei pra ele sobre o pequenino jantar de ontem, ele arregalou os olhos e disse: "caramba! Tinha esquecido! Mas vc não deixa passar nada, hein?" rsrsrsrsrs.......
Mensagem da pequena fábula: quando estamos fazendo dieta ou quando estamos analisando nossa alimentação, precisamos pensar no assunto com muito carinho e seriedade! De nada adianta querer seguir um plano alimentar se a gente simplesmente esquece ou ignora os excessos e as exceções que foram feitas no meio do processo de emagrecimento. Querem um exemplo? "Ah, não sei porque eu não estou emagrecendo! Eu estou seguindo a dieta DIREITINHO!"
Direitinho mesmo???
Se ontem você trocou o peito de peru por salame ("mas foi só ontem"!), hoje vc tomou leite integral com açúcar ("só hoje eu fiz isso!"), anteontem foram 6 latinhas de cerveja num happy hour com os amigos ("ah, não dá pra não beber com os amigos!") e no final de semana anterior teve rodízio de massas no almoço de sábado ("minha namorada adoooora massas....")... Conclusão: sua dieta é feita de exceções!!!!
Será que os resultados serão do jeito que se espera???? Imaginamos que não, né!
Mas atenção: não quero passar a imagem de uma nutricionista nazista!!!!!!!!!!
O que eu estou querendo dizer é: pra ter resultado, precisamos de boa vontade, esforço, planejamento e disposição!!!!
A gente não emagrece olhando pra cima, rezando da Nossa Senhora da Bicicletinha (para nos dar equilíbrio)!!!!!!!!!!! Resultados fantásticos existem SIM quando estamos comprometidos! E isso inclui lembrar que exceções foram feitas na semana!!! Cuidar de si próprio, prestando atenção em si mesmo!!!!
Quem se ama, se cuida SEMPRE!!!!

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Faculdade e ganho de peso

Jovens tendem a engordar 7 quilos, em média, após ingresso na universidade
Bebidas alcoólicas e fast food são os vilões da vida universitária, aponta estudo
Oi gente, bom dia!
Que correria!! Nossa, pensei que eu não ia conseguir postar nada essa semana!!!
Essa matéria foi publicada hoje no site do Yahoo! e vem totalmente de encontro com o dia a dia dos brasileiros também...
Quantas pessoas que eu conheço que, inclusive fazendo faculdade de Nutrição acabam ganhando peso na graduação??? Nossa....
Segue a matéria:

"Na época da faculdade é comum ter que comer na correria entre uma aula e outra, churrasco com a turma no final de semana, encontro em barzinhos e o efeito disso tudo: quilos a mais na balança ao final do mês. Quer dizer que fazer universidade engorda? Pelo menos é o que indica os estudos sobre a obesidade entre pessoas de nível universitário realizados pela Fundação Robert Wood Johnson, nos Estados Unidos. A pesquisa mostra que universitários engordam até 7 quilos durante a vida acadêmica. Álcool, alimentação gordurosa e hábitos nada saudáveis são as principais causas do ganho de peso.

Foram observados universitários de todos os semestres da graduação. Após o final dos estudos, os pesquisadores constataram que o aumento de peso é maior no primeiro ano. Segundo eles, a euforia pela conquista, a adaptação à nova rotina e a ansiedade em relação aos próximos anos na universidade levam os jovens a desenvolverem hábitos como a substituição de refeições por enlatados e fast food, ingestão de bebidas alcoólicas em excesso, poucas horas de sono em função de festas e estudos na madrugada, além de sedentarismo.

Cerca de 17% dos estudantes do primeiro ano concluíram o período pesquisado com um aumento do peso de três quilos e meio. Já os do segundo ano tiveram um aumento de um quilo e meio. Os estudantes do último ano apresentavam, em média, 7 quilos a mais do que quando ingressaram na universidade.

Existem também diferenças substanciais entre os sexos nas tendências para engordar. Os homens tendem a engordar mais do que as mulheres, porém, de maneira mais gradual, enquanto as estudantes adquirem mais peso nas primeiras semanas do semestre para em seguida manterem um equilíbrio. Os homens continuam a engordar progressivamente e tendem a permanecerem gordos após o final da graduação".
O que fazer então??? Deixar de frequentar as festas, baladas e os churrascos universitários??? Não, calma, não vamos exagerar!!! Mas cá entre nós, pros estudantes, sempre há um tempinho para fazer uma atividade física regular programada, dar uma dormida à tarde quando não se trabalha e começar a pensar melhor sobre a alimentação!!!
Realmente os enlatados e fast foods são muito rápidos e práticos, porém cheeeios de gordura saturada, gordura trans, sal e outros conservantes.... O que vale mesmo é pensar na saúde, bem estar e é lógico, no PLANEJAMENTO... eu sempre falo isso pros meus pacientes!
Muitas vezes somos imediatistas quando somos estudantes e não pensamos a médio e longo prazo quando a questão é ganho de peso e saúde... é na época da faculdade que as pessoas aprender a beber as coisas mais bizarras que existem e comem as coisas mais porcarentas que existem!!!!! Será que é tão complicado colocar a mão na consciência e pensar um pouco no que está se fazendo para o próprio corpo e para sua saúde???
Sem planejamento não temos um processo adequado de reeducação alimentar e alimentação saudável!!!
Sair é bom e eu gosto... mas comer bem, com saúde, para ter energia, pique, beleza e disposição é ainda melhor!!!!!!!!