quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Verão, praia, comida e... diarréia??? Sai dessa!!!!

Olá pessoal, feliz 2010 para todo mundo!!!
Depois do Natal, Ano Novo, nada como falarmos um pouquinho de alimentação no verão e na praia, não é mesmo???
Tá um super calor chuvoso aqui no Sudeste, por isso temos que prestar muita atenção na nossa alimentação!
Não é porque estamos de papo pro ar, de férias na praia que vamos comer qualquer coisa que aparece por aí, não é mesmo??? E nem podemos ser relapsos com a higiene!!!!!
Achei essa matéria no site do Nutritotal... muito bacana e interessante!!!
Vamos lá? Como sempre, comentários em negrito!!!!
"Há algumas semanas, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) fez um alerta sobre o risco de contaminação cruzada de alimentos. A contaminação cruzada acontece quando o mesmo objeto – utensílios e/ou equipamentos – é utilizado em alimentos crus e, em seguida, nos cozidos. Ou seja: se há bactérias nos alimentos crus, eles passam pros alimentos cozidos, prontos para o consumo! E a festa já vai começar.... De acordo com dr. Wilson Roberto Catapani, professor titular da disciplina de gastroenterologia da Faculdade de Medicina do ABC, o risco está presente em qualquer lugar.
“O importante é ter sempre cuidado na manipulação dos alimentos crus. Para eliminação das bactérias, é preciso submetê-los ao cozimento em temperaturas acima de 70ºC, além de lavar todos os alimentos muito bem. O grande potencial de contaminação está nos frutos do mar e no ovo cru, assim como seus derivados, por exemplo, a maionese caseira”. Estes alimentos são responsáveis por 34,5% dos episódios de doenças originadas de alimentos no Brasil, segundo o Ministério da Saúde. Um desses males, a intoxicação alimentar, se manifesta de formas diferentes, conforme o estado de saúde do paciente. Nos casos dos pacientes mais debilitados e com idade mais avançada, o quadro se agrava significativamente, com risco de morte. Como dito, o processo de contaminação ocorre pela transferência de microrganismos, presentes em carnes cruas e vegetais não lavados, para os alimentos cozidos.
Em 2009, a Anvisa determinou que o rótulo dos ovos deve conter declarações como “O consumo deste alimento cru ou mal cozido pode causar danos à saúde” e “Manter os ovos preferencialmente refrigerados”. Ou seja: é super importante não oferecer ovos crus, moles, maionese caseira ou gemada para as pessoas, pois todos estes alimentos podem estar potencialmente contaminados!!! No caso dos ovos, as preparações devem ter o que a gente chama de gema dura; ou seja: a mesma está totalmente cozida pelo calor!
Carnes e miúdos de aves têm informações semelhantes em sua rotulagem. Se estamos no meio da praia em um dia super quente e percebemos que a refrigeração das carnes de determinado açougue ou supermercado não anda lá essas coisas, não podemos vacilar e devemos sim deixar a carne totalmente cozida ou ensopada... carne assada esturricada ninguém merece, então força na carne moída com ervilha, pois fica pronto rapidinho!!!!
E como evitar contaminação cruzada???
- Separar carnes e peixes crus de outros alimentos: uma gaveta ou prateleira dentro da geladeira apenas para estes alimentos é essencial!
- Manipular alimentos crus e cozidos utilizando equipamentos e utensílios, como facas ou tábuas de corte independentes: o ideal é ter utensílios diferentes, mas caso isso não aconteça, finalize primeiro o preparo dos semiprontos/cozidos e depois trabalhe com os produtos crus;
- Guardar os alimentos em embalagens ou recipientes fechados para evitar o contato entre crus e cozidos: importantíssimo ter espaços diferentes dentro da geladeira para os prontos e os crus! Gavetas, prateleiras, embalagens de vidro ou plásticas com tampa são importantes! Caso tenha muita comida na geladeira ou muita gente dentro da casa, etiquetar para facilitar a identificação é uma excelente idéia!!!
- Lavar bem os utensílios e as mãos após a manipulação de alimentos crus: lavar as mãos não é frescura!!! E os utensílios a gente não lava só com água, hein? Bucha e sabão neles!!!
- Guardar na geladeira os alimentos cozidos, mesmo que ainda estejam quentes: uma coisa engraçada que eu vejo com uma certa frequência: guardar a comida quente/morna dentro do forno!!! Gente, O FORNO NÃO POSSUI PODERES BACTERICIDAS!!! De naaaada adianta guardar comida dentro do forno esperando pra servir na janta ou esperando esfriar pra guardar na geladeira! É super importante não deixar os alimentos nessa "temperatura morna", pois é aí que existe uma grande proliferação de bactérias!!! Caso tenha um ou outro bichinho ainda vivo na comida preparada, ele vai se multiplicar em progressão geométrica e o estrago vai ser feito!!!!
Geladeira neles!!!!!
Fontes:
Anvisa alerta para contaminação cruzada. Notícias da Anvisa. Disponível em http://www.anvisa.gov.br/DIVULGA/noticias/2009/161009.htm.
Acessado em 02/12/2009.
Rótulos de ovos alertam para riscos à saúde. Notícias da Anvisa. Disponível em: http://www.anvisa.gov.br/DIVULGA/NOTICIAS/2009/170609.htm.
Acessado em 02/12/2009.

Nenhum comentário:

Postar um comentário