quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Como eu arrumo a minha geladeira???

Oi gente!!!
Até mesmo completando minha última postagem, resolvi falar um pouco de "economia doméstica" nesta postagem de hoje.... eu sei que vcs devem estar se perguntando o que isso tem a ver com Nutrição... e eu lhes respondo: tudo!!!
Um bom armazenamento implica em alimentos guardados corretamente, sem grandes perigos de contaminação, com preservação do valor nutritivo.... será que eu convenci??? Estamos falando de saudabilidade!!!
Quando se trata de alimentação, sabemos que todo cuidado é pouco para manter a saúde. É necessário atenção com os alimentos, desde a hora da compra até o seu consumo, sem se esquecer do armazenamento, é claro! Para isso, a boa e velha geladeira surgiu como uma grande invenção moderna para conservar os alimentos perecíveis.
Mas alto lá: não basta colocar tudo lá dentro socado e achar que o alimento será bem conservado. As diversas áreas da geladeira tem diferentes temperaturas. Por isso, cada produto alimentício, de acordo com as suas características, deve ser guardado numa determinada parte do eletrodoméstico. Se isto não acontecer, os alimentos podem ter textura, cor e sabor alterados ou até sofrerem contaminação por microorganismos, causando doenças.
Resumindo, os produtos que precisam de refrigeração são aqueles que estragam mais facilmente e não podem ficar armazenados por muito tempo.
Mas fique atento: nas temperaturas de refrigeração também pode haver crescimento de microorganismos (bactérias). É importante que a geladeira não esteja com excesso de produtos, pois isso pode afetar sua capacidade de resfriamento, prejudicando a conservação dos alimentos e causando perdas. Ou seja: um bom planejamento das compras é essencial, pois precisamos também nos preocupar com o armazenamento adequado! As carnes só devem ser conservadas na geladeira se forem ser usadas no mesmo dia. Caso contrário, devem ser congeladas. Por isso não adianta comprarmos 30 kg de carne se a gente não tem como consumir tudo aquilo e não tem freezer para guardar por mais tempo....
Alguns exemplos de alimentos que devem ser guardados na geladeira: ovos, leite, queijo, manteiga, margarina, alguns vegetais e frutas, além de embutidos (presunto, salsicha, lingüiça). As prateleiras mais altas da geladeira são as mais frias. É nelas que devem ser guardados alimentos como carnes, leite e derivados. Não misture alimentos crus e cozidos na mesma prateleira, pois os crus podem contaminar os já preparados. E atenção: nunca forre as prateleiras da geladeira com plásticos ou toalhas, pois isso dificulta a circulação do ar frio, prejudicando o bom funcionamento do aparelho. Coloque os alimentos em recipientes bem fechados. Já os alimentos semi-prontos ficam na segunda prateleira. Na parte inferior da geladeira podem ser armazenadas frutas abertas, verduras e folhas. O ideal é lavá-las antes de guardar.
Esqueça as latas de alumínio e caixas de papelão na geladeira!!! Quando abertos, os alimentos como molho de tomate, milho, ervilha, maionese, leite condensado e creme de leite, que vêm em latas de alumínio e caixas tipo tetra pak, devem ser transferidos para recipientes plásticos.
Ah, e atenção: alimentos que exalem odor (como o peixe), devem ser colocados longe dos alimentos que já passaram por cozimento ou fritura, por exemplo.
Depois de prontos, os alimentos refrigerados podem ser consumidos até quando?
Se esses alimentos estiverem em temperaturas de 4º C (ou menos), podem ser consumidos em no máximo 5 dias. Se essa temperatura for maior, o tempo deve ser reduzido para garantir as condições higiênico-sanitárias.
Na portinha...
Devido ao pouco resfriamento na porta dos refrigeradores, é importante que seja guardado na região apenas água, leite e sucos, se esses últimos estiverem fechados. Os ovos, comumente guardados na porta, devem ir para uma gaveta ou recipiente na parte mais interior da geladeira. Ou seja: devemos ignorar aquela parte da porta especial para os ovos que têm nas geladeiras. Alguns fabricantes já estão trocando-as por gavetas na parte interior. O tempo para conservação adequada dos ovos é de cerca de 15 dias. Depois disso, ele passa a perder seu volume e a clara começa a se misturar com a gema (ecaaaaa!).
Ah, não vá guardar ovos, limão e requeijão num único espaço da porta da geladeira, hein???? Não devemos misturar os diferentes grupos de alimentos (ovos, frutas e laticínios) num mesmo espaço! Ainda mais que parte é cru, parte está pronto para uso...
O que deve ser congelado?
Os produtos congelados precisam ser conservados em temperatura de –18o C, para evitar o desenvolvimento de microorganismos e o processo de deterioração. Carnes, aves, pescados e hortaliças não devem ser congelados novamente se já tiverem sido descongeladas. Esqueça o recongelamento! Se vc descongelou qualquer coisa, aquilo deve mudar de estado para ser congelado de novo.... assim: se eu descongelo carne crua, eu tenho que cozinhá-la para congelar novamente!!!! É sempre importante observar o prazo de validade. Ah, e é lógico: para evitar a contaminação de um alimento para o outro, deve-se separar dentro do ambiente (freezer ou congelador) os tipos de carne (bovina, aves e pescados)... pra isso que serve recipientes plásticos ou de vidro temperado!!!
Lógico que o refrigerador deve ser mantido limpo..... não se esqueça que a limpeza e o descongelamento periódicos dos refrigeradores favorecem a melhor conservação dos alimentos, pois auxiliam na manutenção da higiene e da temperatura.
E sempre observe o prazo de validade dos alimentos dentro da geladeira! Ela não é uma santa milagrosa!!!

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Verão, praia, comida e... diarréia??? Sai dessa!!!!

Olá pessoal, feliz 2010 para todo mundo!!!
Depois do Natal, Ano Novo, nada como falarmos um pouquinho de alimentação no verão e na praia, não é mesmo???
Tá um super calor chuvoso aqui no Sudeste, por isso temos que prestar muita atenção na nossa alimentação!
Não é porque estamos de papo pro ar, de férias na praia que vamos comer qualquer coisa que aparece por aí, não é mesmo??? E nem podemos ser relapsos com a higiene!!!!!
Achei essa matéria no site do Nutritotal... muito bacana e interessante!!!
Vamos lá? Como sempre, comentários em negrito!!!!
"Há algumas semanas, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) fez um alerta sobre o risco de contaminação cruzada de alimentos. A contaminação cruzada acontece quando o mesmo objeto – utensílios e/ou equipamentos – é utilizado em alimentos crus e, em seguida, nos cozidos. Ou seja: se há bactérias nos alimentos crus, eles passam pros alimentos cozidos, prontos para o consumo! E a festa já vai começar.... De acordo com dr. Wilson Roberto Catapani, professor titular da disciplina de gastroenterologia da Faculdade de Medicina do ABC, o risco está presente em qualquer lugar.
“O importante é ter sempre cuidado na manipulação dos alimentos crus. Para eliminação das bactérias, é preciso submetê-los ao cozimento em temperaturas acima de 70ºC, além de lavar todos os alimentos muito bem. O grande potencial de contaminação está nos frutos do mar e no ovo cru, assim como seus derivados, por exemplo, a maionese caseira”. Estes alimentos são responsáveis por 34,5% dos episódios de doenças originadas de alimentos no Brasil, segundo o Ministério da Saúde. Um desses males, a intoxicação alimentar, se manifesta de formas diferentes, conforme o estado de saúde do paciente. Nos casos dos pacientes mais debilitados e com idade mais avançada, o quadro se agrava significativamente, com risco de morte. Como dito, o processo de contaminação ocorre pela transferência de microrganismos, presentes em carnes cruas e vegetais não lavados, para os alimentos cozidos.
Em 2009, a Anvisa determinou que o rótulo dos ovos deve conter declarações como “O consumo deste alimento cru ou mal cozido pode causar danos à saúde” e “Manter os ovos preferencialmente refrigerados”. Ou seja: é super importante não oferecer ovos crus, moles, maionese caseira ou gemada para as pessoas, pois todos estes alimentos podem estar potencialmente contaminados!!! No caso dos ovos, as preparações devem ter o que a gente chama de gema dura; ou seja: a mesma está totalmente cozida pelo calor!
Carnes e miúdos de aves têm informações semelhantes em sua rotulagem. Se estamos no meio da praia em um dia super quente e percebemos que a refrigeração das carnes de determinado açougue ou supermercado não anda lá essas coisas, não podemos vacilar e devemos sim deixar a carne totalmente cozida ou ensopada... carne assada esturricada ninguém merece, então força na carne moída com ervilha, pois fica pronto rapidinho!!!!
E como evitar contaminação cruzada???
- Separar carnes e peixes crus de outros alimentos: uma gaveta ou prateleira dentro da geladeira apenas para estes alimentos é essencial!
- Manipular alimentos crus e cozidos utilizando equipamentos e utensílios, como facas ou tábuas de corte independentes: o ideal é ter utensílios diferentes, mas caso isso não aconteça, finalize primeiro o preparo dos semiprontos/cozidos e depois trabalhe com os produtos crus;
- Guardar os alimentos em embalagens ou recipientes fechados para evitar o contato entre crus e cozidos: importantíssimo ter espaços diferentes dentro da geladeira para os prontos e os crus! Gavetas, prateleiras, embalagens de vidro ou plásticas com tampa são importantes! Caso tenha muita comida na geladeira ou muita gente dentro da casa, etiquetar para facilitar a identificação é uma excelente idéia!!!
- Lavar bem os utensílios e as mãos após a manipulação de alimentos crus: lavar as mãos não é frescura!!! E os utensílios a gente não lava só com água, hein? Bucha e sabão neles!!!
- Guardar na geladeira os alimentos cozidos, mesmo que ainda estejam quentes: uma coisa engraçada que eu vejo com uma certa frequência: guardar a comida quente/morna dentro do forno!!! Gente, O FORNO NÃO POSSUI PODERES BACTERICIDAS!!! De naaaada adianta guardar comida dentro do forno esperando pra servir na janta ou esperando esfriar pra guardar na geladeira! É super importante não deixar os alimentos nessa "temperatura morna", pois é aí que existe uma grande proliferação de bactérias!!! Caso tenha um ou outro bichinho ainda vivo na comida preparada, ele vai se multiplicar em progressão geométrica e o estrago vai ser feito!!!!
Geladeira neles!!!!!
Fontes:
Anvisa alerta para contaminação cruzada. Notícias da Anvisa. Disponível em http://www.anvisa.gov.br/DIVULGA/noticias/2009/161009.htm.
Acessado em 02/12/2009.
Rótulos de ovos alertam para riscos à saúde. Notícias da Anvisa. Disponível em: http://www.anvisa.gov.br/DIVULGA/NOTICIAS/2009/170609.htm.
Acessado em 02/12/2009.