domingo, 25 de outubro de 2015

Alimentação Saudável: Fazendo um Prato Colorido

Pois é gente, tem muitos pacientes que aparecem no meu consultório querendo não somente perder peso, mas também querendo qualidade de vida, disposição, vida saudável, enfim... buscando o que há de mais interessante para viver bem, viver mais e viver feliz, claro!!! Não adianta buscarmos formas de alimentação alternativas que passam a ser mais sofrimento do que prazer em viver!! Sou super à favor de incluir no cardápio esses alimentos mais "novos", como chia, por exemplo... mas se você não gosta, não curte a proposta, sempre podemos experimentar opções diferentes!

Dentre esses pacientes que buscam qualidade de vida, tenho uma em especial que sempre está me mostrando as suas variações alimentares, baseadas no Prato Colorido proposto pelo Conselho Federal de Nutricionistas. Aqui no blog vocês encontram esse prato no post "Prato Saudável": http://nutrilobo.blogspot.com.br/2009/08/prato-saudavel.html

E na boa... é essa a proposta!! Estamos sempre em busca de alternativas ao frango grelhado com salada de alface e tomate... e o que é mais importante: só frango grelhado com alface e tomate não tem todos os nutrientes necessários para uma vida saudável!!


Se vocês observarem bem, o prato é uma linda variação do Prato Colorido: juntando o bowl de salada (alface, pepino, tomate, cebola) com a vagem e a cenoura refogadas, temos cerca de 50% do prato. 
Compreendendo a proposta, vc pode sim fazer uma saladinha à parte, porque não??
Uma "bacalhoada de salmão" light, feita com pouco azeite, cebola, pimentões, tomate (me deu água na boca) e batatas assadas compõem o prato! Batata no lugar do arroz, peixe no lugar da carne, prato mega colorido (e com uma cara de saborosíssimo!!). Ela conseguiu com bastante clareza trabalhar a questão 5 cores no prato, substituição de grupos alimentares, consumo de fibras e alimentos fontes de diversos nutrientes (beta-caroteno, ômega 3, licopeno, vitaminas do complexo B....). 

E você? Qual o prato colorido que você vai preparar hoje? 

sábado, 17 de outubro de 2015

Alimentação Pós Cirurgia Bariátrica: COMO É??

Olá pessoal, beleza??
Essa semana encontrei uma paciente minha (60 dias pós cirurgia) e a mesma me mostrou o que ela ia almoçar naquele dia... 
Perguntei para ela: "Você consegue comer tudo que está aí?"
Ela: "Depende... pode ser que sim!"
Pois é, a "marmitinha" dela está logo aqui embaixo.... pedi para ela registrar o tamanho da marmita ao lado de uma caneta, para que vocês tenham noção do tamanho do recipiente, que é bem pequeno... A minha paciente é bem consciente está realmente de coração aberto para MUDAR O ESTILO DE VIDA! E porquê eu falo isso?? Simples: olhem o que tem na marmita: frango, ovo cozido (fontes de proteínas), ervilha torta (que também é fonte de proteína vegetal) e tomates cereja... ou seja: ela está verdadeiramente buscando seguir as orientações passadas! Fiquei muito feliz com esse "prato"!


Vejam bem, depois de 13 anos atendendo bariátricos, algo que tenho cada vez mais certeza é isso: a cirurgia não opera a cabeça das pessoas... apenas o estômago!! 
A mudança de comportamentos, estilo de vida TEM QUE PARTIR DO PACIENTE!! A cirurgia dá aquele empurrãozinho bacana que precisamos para nos motivar a buscar um peso saudável... 
Operados ou não operados precisam ter consciência que a alimentação reflete diretamente na saúde e qualidade de vida... e não somente no curto ou médio prazo não!!! Vamos falar de LONGO PRAZO!!! 
O estômago do paciente operado é pequeno demais no bypass e a adaptação à alimentação demora... o primeiro ano de cirurgia é um ano de muitas descobertas e adaptações!! Mas temos que pensar e realizar as adaptações positivas!!!
Se a quantidade de alimentos é pequena, a qualidade tem que ser grande... o lance é comer pouco, mas comer adequadamente para seu corpo ter o que é necessário para se manter saudável! E digo mínimo mínimo necessário mesmo, pois é muito claro na literatura que os pacientes precisam fazer uso de suplementação de vitaminas, minerais e proteínas!! Só a alimentação adequada para o bariátrico não é suficiente, especialmente para o primeiro ano de cirurgia!
Amo a seguinte frase: a cirurgia bariátrica é uma subnutrição programada. Se é uma subnutrição devido ao baixo valor calórico, ela deve ser adequada para que não ocorram as deficiências nutricionais... 
Operados.... pensem nisso!
Cirurgia bariátrica é tudo de bom quando conseguimos abraçar a proposta de viver mais e viver bem, com peso mais adequado e com mais saúde e qualidade de vida!!! 

Até a próxima!! ;)

terça-feira, 6 de outubro de 2015

Pão Integral de Verdade!! Fácil de Fazer!!

Boa noite minha gente! Tudo bem?

Estou ao máximo me esforçando para trazer com mais dedicação mais posts e informações, mas esse lance de redes sociais, mídias e tals  acabam trazendo mais atividades para o nosso dia-a-dia!!
Tenho muitos pacientes no mesmo caso que eu: na vida corrida, morando com amigos-namorados-maridos e querem de verdade levar uma vida mais saudável.... o que falta muitas vezes é tempo e conhecimento!!!

Pão integral... putz, esse é um assunto polêmico!!! Existem diversas publicações que mostram que alguns pães são integrais só no nome, mas na verdade acabam sendo mais marketing do que qualquer outra coisa!! Há cerca de 3 anos a PROTESTE foi entender esse mundo dos integrais que a gente tanto ama e indica.... afinal das contas, pão integral é bom para constipação, controle de peso, alimentação saudável, ajuda a compor a alimentação do diabético.... enfim, pão integral é tudo de bom!

Mas são todos os pães esse sucesso mesmo??? Olha, até onde me consta, existem muitos pães que são feitos de farinha branca e são adicionados de fibras! Ou seja: a velha famigerada farinha branca continua lá, brilhando, com uma adição de fibras.... a tal farinha integral ficou para trás!!! 
Nos resultados do PROTESTE na época teve até pães que tinham a propaganda "integral", porém tinham mais farinha branca do que farinha integral.... louco né?? 
Observem: se tiver mais "farinha enriquecida com ferro e ácido fólico" do que farinha integral, o pão tem mais farinha branca do que farinha integral "da gema" mesmo!!! 

Por isso que sempre busco explicar a leitura de rótulos nos meus atendimentos... por mais "integral" que um pão, biscoito possa parecer (afinal das contas tem um nomão INTEGRAL na embalagem), temos que analisar o custo X benefício comparando com outros nutrientes e até outros similares do mercado!!! 

Quer pão integral na real mesmo??? Uma das minhas sugestões é COLOCAR a MÃO (ou no caso o fouet - aquele "batedorzinho" de mão) na MASSA CASEIRA!!

Essa receita é top top top e estou sempre modificando a mesma... tem vezes que rola umas passas, um leite desnatado, mais ou menos farelo de trigo... sempre é fácil de fazer e sempre tem um resultado ótimo!! Vamos lá!!!

Ingredientes:
- 01 copo de água morna (sempre uso um copo tamanho de copo de whisky);
- 1/5 de copo de óleo de soja (comecei com 1/4 e estou em 1/5 e pretendo continuar a reduzir essa quantidade);
- 1/2 colher de sopa de açúcar;
- 1/2 colher de sopa de sal;
- 01 sachet de fermento biológico instantâneo seco (10g);
- 01 copo de farinha de trigo integral;
- 2/5 de farinha de trigo integral + 2/5 de farelo de trigo + 1/5 de aveia flocos finos; 
- 1/2 copo de frutas secas: passas, damascos, cranberries (use a que você quiser!).

Modo de Preparo:
Bata todos os ingredientes na mão com o fouet em um recipiente "generoso". Acrescente primeiro os líquidos, o copo de farinha integral, as passas (ou cranberries) e o fermento. Bata bem e depois acrescente o copo de farinha com farelo e aveia. 
Despeje a massa em uma forma de pão inglês untada e enfarinhada (amo a forma de silicone... bem prática, pois não precisa untar!). A massa fica "melequenta" mesmo!! 
Deixe a massa descansar em um local quente (dentro do forno por exemplo) por 20 minutos, coberta por um pano de prato. Se o clima estiver frio, vale a pena pré aquecer o forno e deixar o pão descansando no quentinho... desliga o forno antes de colocar para descansar!!!
Asse após crescer por 30 a 40 minutos em forno médio (vai conferindo com um palito... se vocês palitarem a massa e ele sair sujo, deixe mais uns minutinhos). 
E tchan tchan tchan!! Aqui está!!!
Fiz com cranberries e ficou essa belezinha!!!


"Aaaaahhhh, mas me falaram que nutricionista não é cozinheira!" A nutri pode não ser cozinheira, mas que tem que manjar sim do que pode ser feito e quais são as melhores opções!!!
Amo transformar os alimentos e ver que em 1 hora eu trago mais qualidade de vida e saúde para minha casa!!!

Bom pão para vocês!!! 

Fontes:
http://www.proteste.org.br/alimentacao/nc/noticia/este-pao-e-mesmo-integral
http://www.mulherdigital.com/pao-integral-no-brasil/